sexta-feira, 29 de março de 2013

Mangás




3 comentários:

  1. Belo poema,e porque não manter a infância, a fantasia e todo maravilhoso fantástico que move a vida.

    ResponderEliminar