terça-feira, 26 de março de 2013

Desabitada



Eliane Barreto

4 comentários:

  1. Também vou à minha varanda bem cedo. Preparo um café sento à mesa e despejo versos, talvez sem nexo para quem os lê, mas que, para mim, fazem sentido... ou não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não importa se fazem sentido, se te acalmam a alma...

      Eliminar
  2. Assim que me sinto com a poesia: "Gosto quando a poesia salta do papel e continua no ar. Ela flutua."
    (ELISA BARTLETT) Essa sua poesia fez todo sentido... bj

    ResponderEliminar